domingo, 26 de julho de 2009

Eu quero ir pras Bahamas!

Quando eu li a primeira vez achei um absurdo. US$ 10 mil para se hospedar em uma ilha privada e paradisíaca nas Bahamas. Depois, eu cliquei no link para ver como era a tal da ilha. Linda, claro, com três casas de frente para o mar, almoço e jantar todos inclusos preparados por um chef exclusivo seu, piscinas, bebidas, barcos, conexão com internet, churraqueira e com espaço de sobra para pelo menos, 18 pessoas. Aí, comecei a pensar... E percebi que por isso tudo, US$ 10 mil nem era assim tão caro. (Agora, você deve estar me achando meio maluca, ou rica, mas não sou nenhum dos dois). Peguei a calculadora e abri o site oficial do lugar (http://www.littlewhalecay.com/). A estadia mínima é de cinco noites a US$ 9,500 cada, mais 15% de taxa de serviços, o que dá uns US$ 56.500,00. (Uau!) Uma passagem para Bahamas de São Paulo está, aproximadamente, US$ 1.400,00. Arranjando 20 queridos amigos (nem precisa ser tão querido assim, você pode ficar em outra casa que não seja a dele), cinco noites em uma ilha só sua nas Bahamas sai por US$ 4.225,00. Com o dólar a R$2,00, são R$ 8.450,00!! Vai tentar ir pra Disney com a CVC, vai, o pacote mais barato é uns R$ 5 mil, sem comida e bebida, ou mesmo para St. Marteen, no Caribe.

Bom, só falta o meu grupo de 20 pessoas, ou mais, porque quanto mais gente, mais barato fica... Acho que ninguém se importa de dormir um pouco apertadinho em uma ilha paradisíaca privada nas Bahamas, né? Quem se candidata?

quarta-feira, 22 de julho de 2009

E não é que alguns são mais ousados?

Ousadia. Essa é a palavra certa pra o Naked Cowboy que vocês podem ver no meu post aí debaixo. Além de virar uma das "celebridades" das ruas de Nova York, agora ele quer se candidatar a prefeito! Apenas! E não duvido nada que muitos irão às urnas só para darem seu voto a ele, já que seu slogam promete "trazer a transparência para um outro nível, fazendo mais com menos".

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Bienvenue a Montreal!

1 passagem de ônibus para Montreal: U$ 136,00 + 45 minutos de fila + 7 horas tentando pegar no sono + 20 minutos na rodoviária de Albany
2 noites em um hotel baratinho em uma das melhores ruas da cidade: U$ 126,00
Ingresso do Cirque du Soleil: U$ 140,00
Compras no supermercado: U$ 19,00
Almoço rápido em um restaurante natureba: U$ 11,00
Sentir o coração palpitar quando começam a tocar samba no início do espetáculo OVO: não tem preço. Tudo passa valer a pena.

domingo, 12 de julho de 2009

Dinheiro no chapéu


Aqui vale tudo para conseguir uma graninha. Tem aqueles que passam o dia todo vestido de Bob Esponja debaixo dos 40 graus da Times Square, tem os dançarinos de rua e tem aqueles que cantam de vagão em vagão no metrô. Essa última categoria vale uma observação. O metrô daqui é repleto destas curiosas personalidades. Seja na estação, seja na plataforma, ou seja ao seu lado no vagão. Ontem, eu conheci o Troy, Troy Troy, para ser mais exata (pelo menos é assim que ele se apresenta). O Troy tem seu violão e escolheu a conexão entre a Grand Central e a Times Square para cantar no vagão, sentadinho ao seu lado. Só que o Troy tem um grande problema: ele não sabe cantar nem tocar violão, mas mesmo assim o faz. Ontem, o Troy não me pegou em um bom dia e minha cabeça, que começou a latejar logo na primeira nota desafinada, pediu pelo Amor de Deus para sair dali.


Mas temos também o oposto. Temos pessoas incrivelmente talentosas no metrô. Há diversos cantores de ópera, velhinhos com violino e pessoas que usam instrumentos nada tradicionais para fazer sons extraordinários (como você pode ver no vídeo). O mais interessante é parar para ver até que ponto as pessoas se submetem para sobreviver. O Naked Cowboy ainda deve ganhar uma graninha das meninas que ele pega no colo para tirar foto ou que ganham um apertão na bunda para uma lembrança mais ousada. Eu fico imaginando quem é que quer tirar fotos com a Naked Cowgirl, que é loira e fica desfilando de bíquini com um violão na mão. O único problema: ela já deve ter mais de uns 80 anos....

video

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Devagar se vai longe...

E elas foram mesmo. Ontem, o Aeroporto Internacional de Nova Iorque, JFK, ficou fechado por mais de uma hora devido a 78 tartarugas que tentaram cruzar pista. Elas vieram de um lago próximo ao aeroporto e foram avistadas às 9 da manhã por um piloto que avisou a torre de comando. Segundo a mídia local, o incidente trouxe de volta o debate sobre um programa do governo norte-americano de exterminar as tartarugas próximas às regiões de aeroporto, já que elas são o prato preferido dos pássaros que eventualmente são sugados por uma turbina.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Happy Fourth of July!

A comemoração do 4 de Julho tinha tudo para ser glamourosa, o show pirotécnico prometia ser o melhor de todos, afinal, era aniversário de 400 anos do Rio Hudson. A multidão não decepcionou, parecia que tinha mais gente lá do que na China e o povo todo espremido tentando ver um pouquinho (e eu no meio, claro). Os norte-americanos têm vantagem em muitas coisas sobre nós, mas fogos não é uma delas. Teve quase contagem regressiva para começar (por um minuto, confundi com a virada do ano) e a cada explosão de luz no céu, vinham as exclamações: "Oh!". Quem tem o prazer de passar o Reveillon na praia, como nós, brasileiros, ficaria decepcionado com os fogos do 4 de Julho. Eram lindos, sim, mas faltava algo e depois de uns cinco minutos, descobri. Faltava barulho. Os fogos eram apenas pontos iluminados no céu, e os rojões com os estouros que fazem o coração pular, vinham só às vezes. A localização também pecou bastante. Quem foi que disse para eles que o local ideal é abaixo do nível da rua? O fogos têm que explodir lá em cima, bem na nossa cabeça. Ou seja, quem preferiu não ficar embaixo de algum braço segurando uma máquina fotográfica, não viu muita coisa.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Eu recomendo - Cafe Wha? (Greenwich Village, NYC)

E foi lá que Jimmy Hendrix foi descoberto. E foi lá que Bob Dylan assinou seu primeiro contrato com uma gravadora. E é lá em que há uma fila enorme de pessoas querendo fazer parte da Banda do Cafe Wha?. O único problema: não há vagas disponíveis e isso só acontece quando um deles é contratado por uma gravadora para fazer seu próprio CD. Reserve um espaço em sua agenda quando vier a Nova York e aproveite para reservar também a mesa e pedir para sentar grudado ao palco. Mas pode ter certeza de que você verá bem de qualquer lugar, já que o show parece que foi feito só para você e poucos convidados.

video

Music - Every little thing she does is magic.